/ Área do assinante /

ASSINE AGORA

Municípios

Natal, 16 de Setembro de 2013 | Atualizado às 20:58

Você está em Municípios

31 municípios do RN já receberam o Programa Nacional de Cisternas

O programa vai atender, nesta primeira etapa, famílias com dificuldades de acesso a água em comunidades rurais de 47 municípios do Estado.

15:41 23 de Julho de 2013


Até o final deste mês, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), conclui o primeiro convênio do Programa Nacional de Cisternas no Rio Grande do Norte, firmado com o Ministério de Desenvolvimento Social (MDS). Até o momento, 2.564 reservatórios – de um total de 3.100 cisternas – já foram construídos em 31 municípios potiguares. O programa vai atender, nesta primeira etapa, famílias com dificuldades de acesso a água em comunidades rurais de 47 municípios do Estado.

Um novo convênio, no valor de R$ 33,8 milhões, também com o MDS, já está em andamento. Uma parte dos recursos, inclusive, cerca de R$ 17 milhões, já foi liberada para que a Sethas comece a trabalhar em um novo edital para a licitação. “Este é o maior programa de construção de cisternas já implementado no Rio Grande do Norte. A meta do Governo Rosalba Ciarlini é universalizar o acesso a água no nosso Estado até o final de 2014”, informa o secretário Luiz Eduardo Carneiro, da Sethas.

Ele explica que este novo convênio vai beneficiar um número maior de municípios – 62, no total; diferentes daqueles beneficiados no primeiro convênio –, e prevê a construção de um maior número de reservatórios. “Neste segundo contrato, além das cisternas para consumo humano, também serão destinados reservatórios para a produção de alimentos e criação de animais”, detalha Luiz Eduardo.

Serão construídas, segundo o secretário, 5.100 cisternas de placa, em alvenaria (capacidade para 16 mil litros de água), destinadas ao consumo humano; 2.000 cisternas de calçadão (52 mil litros), para a produção de alimentos; 250 tanques de pedra, também para a produção de alimentos ou criação de animais, e 120 cisternas (52 mil litros) em escolas rurais. Totalizando 10.570 reservatórios construídos no Governo Rosalba Ciarlini.

COMENTÁRIOS

COMENTAR

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade